Transtorno Obsessivo-compulsivo

Descrição

O Transtorno obsessivo compulsivo (TOC) é caracterizado como um Transtorno de Ansiedade contendo características peculiares, como a presença de obsessões e/ou compulsões. Obsessões são pensamentos, imagens ou impulsos que são recorrentes e indesejados, que assumem a maior parte do dia, que não tem controle e que causam sofrimento clínico e prejuízo social à pessoa. Os pacientes com TOC relatam que as obsessões “aparecem do nada e que são insistentes”. Já as compulsões, volta-se para a execução do comportamento ou de forma mental (ritual mental) e o paciente se sente compelido a executá-lo em resposta ao efeito da obsessão ou de acordo com as regras estabelecidas rigidamente.

Geralmente, a ativação desses esquemas é desencadeada pela ansiedade, angústia ou culpabilidade e o indivíduo de sente compelido a executá-lo através das compulsões, fazendo algum ritual mental ou comportamental para diminuir esse desconforto, por ex. alinhar os chinelos, orar, repetir palavras em silêncio, pular três vezes ou contar mentalmente números ímpares, como forma de reduzir a ansiedade e o desconforto causado pela obsessão. Há outros transtornos obsessivos compulsivos e transtornos relacionados, que são caracterizados por preocupações e por comportamentos repetitivos ou atos mentais em decorrência da ativação dessas preocupações e a tentativa em reduzi-los ou pará-los, como arrancar os cabelos (tricotilomania) e beliscar a pele (skin-picking). Se você perceber que há alguns sintomas característicos do TOC, procure uma ajuda terapêutica especializada.

Depoimentos

Certifique-se! Busque um psicólogo credenciado pelo Conselho Regional de Psicologia (CRP/SP) e pela Federação Brasileira de Terapias Cognitivas (FBTC)