Blog

Eliene Andrade, Jornalista da Infonet.

https://infonet.com.br/noticias/educacao/enem-psicologo-alerta-e-da-dicas-para-evitar-estresse/

A partir desta segunda-feira, 19, o Portal Infonet trará uma série de matéria sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Tudo para você fazer uma ótima prova. Para começar, é hora de relaxar, aprenda como mandar o estresse embora.

O estresse é uma das reações mais comuns para os estudantes que irão fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As pressões externa, emocional ou física são monstros enfrentados para que irá prestar a prova que é o passaporte para a universidade. Para este período de preparação, o Portal Infonet entrevistou o psicólogo e autor do livro “O Estresse da Escolha Profissional em Estudantes”, Luiz Ricardo Vieira Gonzaga, que fala sobre os desafios na escolha da carreira e dá dicas de como evitar o estresse antes da prova.

Segundo o psicólogo, a pressão dos pais pode ser um dos grandes vilões na reta final dos estudos, para aqueles que estão em busca de uma vaga na universidade. De acordo com a pesquisa feita pelo psicólogo, foram identificados casos de estudantes angustiados, com alto nível de estresse. Dos 36 alunos pesquisados, 70% apresentaram os sintomas. “Os estudantes enfrentam exigência de se fazer a escolha profissional muito cedo, existe pressão dos pais, do cursinho, além da competição. Outro fato importante são os questionamentos comuns de que grupo ele irá pertencer”, analisa.

A jornalista Izabela Portella prestou vestibulars há cinco anos. Seu objetivo era ingressar na Universidade federal de Sergipe (UFS), mas toda a preparação que poderia garantir uma vaga na universidade caiu por terra quando uma amiga ansiosa a deixou nervosa antes da avaliação. “Eu fazia simulações e estava cotada para passar nos primeiros colocados, só que eu cheguei uma hora antes no local da prova e encontrei algumas amigas. Uma delas estava muito ansiosa e absorvi esse nervosismo. O resultado disso foi que troquei as repostas de matemática pelas de química, zerei a prova e perdi o vestibular”. Conta a jornalista, ao completar que prestou o vestibular para uma faculdade particular e por não se sentir pressionada, passou em boa colocação.

Daniele Custódio tem 18 anos e vai fazer e que cursar pedagogia. A estudante vai fazer a prova pela segunda vez. “Eu estrou tranquila e não me sinto pressionada. Espero fazer uma boa prova e garantir a minha vaga na universidade”, almeja.

Prova

O autor explica que os estudantes têm três fases no dia da prova. “A prova tem três momentos: antes, durante e depois da prova. São nesses momentos que os alunos acabam falhando. O antes: porque tem uma crença antecipatória de fracasso. Durante: porque pega as questões mais difíceis e não consegue sair daquele ciclo que vai se retroalimentando de forma negativa. Depois: quando acabam tendo uma situação de esquivo e fuga durante a avaliação”, explica.

Escolhas

Gonzaga diz também que o estudante não deve ficar ansioso por causa da escolha. Não deve deixar, inclusive, que familiares, os pais, amigos e até a mídia, influenciem na escolha. A escolha certa evita o fracasso e a evasão escolar. “É sempre bom pensar na escolha como uma perspectiva e não como o fim, porque a gente pensa que a escolha é um começo. Até o momento da nossa velhice, a gente tem que fazer várias escolhas sobre o que fazer na aposentadoria, sobre carreira e outras escolhas que aparecem ao logo de nossas vidas”, entende.

Orientações

Para o psicólogo, existem dicas e orientações que evitam a ansiedade pelo dia da prova e ajuda os alunos a sentirem aptos para a realização das provas.

Dicas e macetes

Exercício mental antes da prova

“Visualizar em perspectiva como o aluno se vê no dia da prova. Para evitar o famoso branco, é bom que o aluno se imagine naquele momento da prova, como ele se projeta para a sala. Exemplo: imaginar fazendo uma prova tranquila tendo seus recursos ao lado, como água e chocolate, se auto afirmando como uma pessoa que estudou e é capaz.”

Influências externas

“Chegar 10 minutos antes da prova, porque pode ser uma variável que pode influenciar, uma vez que ao chegar cedo pode encontrar amigos ansiosos e o aluno acaba absorvendo esse contexto. Então ele deve criar uma situação favorável para si”.

Relaxamento

“Utilizar técnicas de relaxamento, como a respiração, ajuda na autoregulação. Se respirar com ansiedade o organismo entende como sendo um momento de ameaça, por isso é importante que o estudante se mantenha calmo e respire com tranquilidade.”

Alimentos

“Um dia antes deve se evitar alimentos e bebidas estimulantes, como a cafeína, pois são alimentos que influenciam no organismo.”

Depois da prova

“Criar uma situação, trabalhar a questão da perspectiva de como o aluno se viu depois da avaliação e não se imaginar de forma negativa. Tentar aproveitar o momento e durante o dia do resultado se vê também na perspectiva de um momento positivo.”

Enem 2015

As provas do Enem serão aplicadas em todos os estados e no Distrito Federal no final de semana dos dias 24 e 25 de outubro. Os portões serão abertos ao meio-dia e fechados às 13h, pelo horário de Brasília.

Compartilhe:

Certifique-se! Busque um psicólogo credenciado pelo Conselho Regional de Psicologia (CRP/SP) e pela Federação Brasileira de Terapias Cognitivas (FBTC)